segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

ainda o carnaval


quando estava a chegar a casa no domingo, estava eu e a M. no zé pedro, quando, ao chegar a campolide, o zé pedro é atingido por um balão de água gigante, ficando a M. sem nenhuma visibilidade. ainda assim, conseguiu manter a calma e não houve danos, nem acidentes, nem nada do género. balões de água em mãos de putos estúpidos só da porcaria. enfim.

depois, a coisa boa do carnaval... como há ponte e hoje muita gente não trabalhou (eu não fiz parte deste grupo abençoado), não havia quase trânsito no caminho que me levou da SPC a picoas, onde a S. me deixa para apanhar o metro. hurray! cheguei mais cedo a casa e tudo.

e como amanhã não trabalho, vou ver se saio com a P., que queria que me mascarasse de minnie. claro que não sou capaz de tal coisa, avisei-a logo que o máximo que consigo é por umas antenas, daquelas com bolas no cimo, na cabeça. o que quero mesmo é tentar descomprimir um bocado das coisas que me ocupam a cabeça e não me deixam dormir de noite.

e pronto, diz que é isto o meu carnaval. que loucura, hein?

3 comentários:

Joaninha disse...

Epah pois eu também não fui uma das abençoadas a não trabalhar hoje...nem amanhã!!!por isso este ano nem umas antenas vou por...no máximo amanhã e porque supostamente entra tudo na onda no escritorio usamos umas perucas...mas só porque não é aberto ao publico e gostamos mesmo de fazer as figurinhas uns para os outros :p
Bom Carnaval para ti...dentro do normal :)

Madeline disse...

A P. está viva? Estranho...

disse...

Cadê o espírito, P.??
lolol

Com um acontecimento desses com o Zé Pedro, imagino que não te tenhas animado para brincadeiras :p