segunda-feira, 20 de abril de 2009

gostava de não me sentir sufocada. aliás, nem sei se é sufocada que me sinto. mas sinto-me... qualquer coisa.

uma pessoa tenta resolver questões que estão pendentes há (demasiado) tempo, já, e não há meio de tudo ir ao lugar.
fala-se por sms, mas parece que as coisas pioram a cada sms enviada. tentamos explicar que não há razão para tal.
os sms têm essa desvantagem, a de não mostrarem e não fazerem transparecer a maneira como estamos a escrever as coisas que estamos a dizer.
podem dar azo a mal entendidos.

depois de uma shitty week como a que passou, e depois de um fim de semana cheio de trabalho e de correrias como este último, queria descansar um pouco. mas parece que há sempre alguém a não deixar que isso aconteça.

com tanta tensão acomulada, precisava de rebentar, de fazer desabar esta parede que há entre a pessoa que mostro ser e o que vai dentro de mim.

um dia destes.

5 comentários:

Madame Butterfly disse...

Não sei se é da falta de sol, se é dos pólens que andam no ar, se é do mês de Abril...o que sei é que até as pessoas mais bem dispostas que me rodeiam andam assim como eu e tu: apáticas. E parece que tudo o que tentamos fazer para alterar esse estado de coisas, acaba apenas por piorá-lo.

Pode ser que amanhã o dia nos dê uma nova oportunidade.Hope so!

Pipoca disse...

Hum...acho que estás a precisar de uma boa dose de chocolate quente... Bora?

P. disse...

vamos esperar, sim, madame butterfly... :)

entretanto, bebamos o chocolate quente que a pipoca sugeriu!! ;)

Um gajo qualquer... disse...

Melhores dias virão!!
Alinha do chocolate quente com a Pipoca.
E até lá ergue uma escada e salta esse muro que existe entre o que mostras e o que és...

;)

Madeline disse...

Estou quase a chegar! :)