segunda-feira, 17 de agosto de 2009

(re)afirmação

sim, o ikea tem coisas giras e em conta.
mas para mim não serve. ainda agora de lá vim, e continuo a não gostar.
não gosto de não conseguir ver as coisas porque as pessoas, mesmo numa segunda feira à noite,vão para o ikea "passear" (palavras de uma senhora que se arrastava nos corredores carregados de gente aborrecida).
não sei se será só azar que tenho, ou se, de facto, haverá alguma altura do ano e do dia em que aquilo não esteja apinhado, mas cada vez que lá entro, apetece-me imediatamente sair de lá a correr.

um dia em que tiver uma casa minha, em que tenha de comprar coisas para a rechear, e se tiver de o fazer no ikea, já decidi que escolho tudo no catálogo, e depois pago a alguém para ir lá fazer as compras por mim, que acho que não me apanham lá tão cedo.

6 comentários:

Asiram disse...

possa, é assim tão mau???

P. disse...

eu devo confessar que não sou a pessoa com mais paciência do mundo, daí esta minha (re)afirmação :$

Um gajo qualquer... disse...

Eu detesto centros comerciais e confusões do género, mas no IKEA como vou à procura de algo específico nunca dei conta de muita confusão...

Vai abrir um em Loures e logo logo o de Alfragide fica mais calmo.

:)

Madame Butterfly disse...

Acabaste de me dar uma ideia muito maus muitooooooooo genial! E é que nem preciso de pagar a ninguém para lá ir por mim porque conheço gente que adora. Vou já pegar no catálogo...!

disse...

Acreditas que nunca botei pé no IKEA? Isto apesar de já morar em lisboa vai para 5 anos...
Mas segundo me contam aquela coisa de termos de seguir o labirinto..não é para mim.

Talvez fique a perder umas promoções, mas ganho em anos de vida, pela tua perspectiva. LOL

Bjinhos*

moi chéri disse...

Fui lá uma meia dúzia de vezes durante a semana. experimentei todos os horários: mana, tarde e noite. NÃO ADIANTA! Está sempre à pinha, pessoal que não compra nada, mas arrasta-se pelos corredores mais os carrinhos com os bebés que aborrecidos de morte choram a toda a brida... É impossível!