sexta-feira, 30 de abril de 2010

uma pessoa tenta uma vez. tenta duas, e tenta três. e mais do que tentar três vezes, passa três anos a tentar. e até mesmo depois de desistir algumas vezes, volta a insistir. e sempre que as coisas parecem estar a encarrilhar, há sempre alguém (que não a própria pessoa, not these times) que abala tudo.
tudo o que parecia estar a ser (re)construído, toda a confiança, quer em si, quer nas outras pessoas, quer nas relações e no mundo, cai por terra.
depois de três anos, como é que se volta a ganhar confiança? e mais importante, será que vale a pena?

4 comentários:

M. disse...

Se deixasses de ser tão críptica, até o baby te podia ajudar ;P

Vera disse...

Revi-me neste post, se bem que no meu caso já ultrapassa os 3 anos.

Madame Butterfly disse...

Pois...não sei, mas também me dava jeito saber.

isa disse...

Se podia aconselhar-te?! Podia...mas não era a mesma coisa, pelo menos não por agora...
Não percas a esperança :) *