terça-feira, 28 de dezembro de 2010

novo cenário (e desta vez não foi comigo):

pessoa estava doente, e não tinha ido trabalhar. mas entretanto aparece no estúdio de tarde, supostamente para trabalhar.
pessoa senta-se atrás de mim.
aparecem mais colegas.

- olha, S., já que vieste trabalhar, precisas de ir levar a família não sei que ao comboio, que eles vão para viseu ainda daqui a bocado, e nem ficam para a segunda parte do programa.
- eu? eu não vou, não vês que estou doente?
- tão, se estavas doente, tinhas ficado em casa, ou vieste só para aparecer na televisão? isto não é uma passagem de modelos, precisamos aqui de pessoas que estejam capazes para trabalhar, se não estavas, tinhas ficado em casa.

acho um piadão a pessoas que deixam de estar doentes para poderem aparecer na televisão, e que acham que só elas é que são bonitas o suficiente para aparecer. se tivesse sido comigo, tinha-lhe logo dito que mais gira do que ela sou eu, e que podia ser eu a aparecer. assim como assim, era capaz de ter o cabelo menos sujo que o dela.
argh!

1 comentário:

Cláudio disse...

Isto é com cada um...