quarta-feira, 11 de maio de 2011

uma coisa que acho que percebi esta noite (muito por causa do jantar de anos do J., onde estava também a minha paixão platónica), é que o problema, neste último caso, foi não ter sido eu a dizer a última palavra. mesmo que não tenha havido palavras, assim a bem dizer.
mas o que é certo é que o meu ressabiamento é derivado do facto de eu estar muito mal habituada, e de ser eu a não querer nada com as outras pessoas, o que não aconteceu desta vez. não me deu tempo de o despachar, como seria normal. ai ai.

2 comentários:

Daniela Pereira disse...

oin oin *.* tá apaixonada! De certo modo é melhor quando não temos tempo para o despachar :P

P. disse...

não estou, nem de perto, nem de longe, apaixonada, daniela :)
e talvez tenhas razão, mas lá está, é algo a que não estou habituada :P